Skip to main content

Objetivos

1. Objetivos do Curso

O Curso de Licenciatura em Matemática tem como objetivo principal a formação de professores da Educação Básica.

O Curso de Bacharelado em Matemática objetiva a preparação de profissionais para a carreira de magistério superior e a pesquisa.

 

1.1     Objetivos Específicos do Curso de Licenciatura em Matemática

             Os objetivos específicos do Curso de Licenciatura em Matemática se direcionam a formação de professores que detenham uma visão de seu papel social de educador, com capacidade de se inserir em diversas realidades, que tenham sensibilidade para interpretar as ações dos educandos, que percebam a contribuição que a aprendizagem da Matemática pode oferecer à formação dos indivíduos para o exercício de sua cidadania, conscientes de que o conhecimento matemático pode e deve ser acessível a todos e cientes também de seu papel na superação dos preconceitos, traduzidos pela angústia, inércia ou rejeição, que muitas vezes ainda estão presentes no ensino-aprendizagem da disciplina

Ao que se refere às competências e habilidades próprias do educador matemático, objetiva-se que o licenciado em Matemática tenha capacidade de:

  • Analisar, selecionar e produzir materiais didáticos.
  • Analisar criticamente propostas curriculares de Matemática para a educação básica.
  • Desenvolver estratégias de ensino que favoreçam a criatividade, a autonomia e a flexibilidade do pensamento matemático dos educandos, buscando trabalhar com mais ênfase nos conceitos do que nas técnicas, fórmulas e algoritmos.
  • Perceber a prática docente de Matemática como um processo dinâmico, carregado de incertezas e conflitos, um espaço de criação e reflexão, onde novos conhecimentos são gerados e modificados continuamente.

 

 

1.2     Objetivos Específicos do Curso de Bacharelado em Matemática

            Os objetivos específicos presentes do Curso de Bacharelado em Matemática se direcionam a qualificação de seus graduados para a continuidade de seus estudos em pós-graduação, visando tanto o desenvolvimento de pesquisa cientifica, quer dentro ou fora do ambiente acadêmico, como a capacitação de profissionais que atuem no ensino superior. Nesse contexto, o Curso de Bacharelado assegura que seus egressos tenham uma sólida formação de conteúdos de Matemática e lhes prepara para enfrentar os desafios das rápidas transformações da sociedade, do mercado de trabalho e das condições do exercício profissional.

Com relação às competências e habilidades próprias do bacharel em Matemática, objetiva-se que este profissional tenha capacidades de:

  • Identificar, formular e resolver problemas na área de matemática pura e nas áreas de aplicação.
  • Interpretar as soluções encontradas dentro de um contexto global e social, explorando a criatividade e o raciocínio crítico no desempenho de suas funções dentro da sociedade.

  

2. Caracterização do Egresso

            O perfil profissional desejado que caracteriza o egresso da UFU, nos cursos que oferece, é uma ampla formação técnico-científica, cultural e humanística, autonomia intelectual, capacidade de desenvolver uma visão histórico-social, necessária ao exercício de sua profissão, de forma crítica, criativa e ética.

Um profissional com capacidade para compreender as necessidades dos grupos sociais e comunidades com relação a problemas sócio-econômicos, culturais, políticos e organizativos, de forma a utilizar racionalmente os recursos disponíveis, além de preocupar-se em conservar o equilíbrio do ambiente, estabelecer relações solidárias, cooperativas e coletivas e que tenha possibilidade de produzir, sistematizar e socializar conhecimentos e tecnologias. Busque constante desenvolvimento, exercendo uma prática de formação continuada e que possa empreender inovações na sua área de atuação.

A partir desse perfil geral os currículos dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Matemática serão estruturados de modo que o egresso tenha:

  • capacidade de expressar-se escrita  e oralmente com clareza e precisão;
  • capacidade de trabalhar  em equipes multidisciplinares;
  • capacidade de compreender, criticar e utilizar novas idéias e tecnologias para a resolução de problemas;
  • capacidade de aprendizagem continuada, sendo sua prática profissional também fonte de produção de conhecimento;
  • habilidade de identificar, formular e resolver problemas na sua área de aplicação, utilizando rigor lógico-científico na análise da situação-problema;
  • capacidade de estabelecer relações entre a Matemática e outras áreas do conhecimento;
  • conhecimento de questões contemporâneas;
  • educação abrangente necessária ao entendimento do impacto das soluções encontradas num contexto global e social;
  • participar de programas de formação continuada;
  • realizar estudos de pós-graduação;